Vacinação contra Covid-19 terá mais 8,6 mil doses enviadas a Dourados
Variedades

Vacinação contra Covid-19 terá mais 8,6 mil doses enviadas a Dourados

A vacinação contra o novo coronavírus em Dourados deverá ganhar um reforço de mais 8.650 doses de imunizantes. Essa remessa foi autorizada pela Secretaria de Estado de Saúde através da Resolução Ad Referendum nº 58/CIB/SES, publicada nesta quinta-feira (1) no Diário Oficial. 

Para todo Mato Grosso do Sul, serão distribuídas 101.000 doses da Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com o laboratório chinês Sinovac (10.100 frascos com 10 doses cada) e 8.500 doses (1.700 frascos com 05 doses cada) da Astrazeneca, fabricada na Índia em parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica britânica AstraZeneca.

Na maior e mais populosa cidade do interior, 105 fracos, cada um com 10 doses (1.050) de Coronavac, devem ser empregados como segunda dose (D2), no grupo dos trabalhadores de saúde e idosos de 80 anos ou mais. 

Outras 1.720 doses de Coronavac, em 172 frascos, devem ser aplicadas como segunda dose (D2), no grupo de trabalhadores de saúde e idosos de 70 anos ou mais. 

Também de Coronavac, 514 frascos (5.140 doses) serão empregados como primeira dose (D1), “para continuidade de vacinação em idosos de 60 anos ou mais, priorizando os com morbidades graves: portadores de doenças imunossuprimidas, oncológicos com doença ativa em tratamento, transplantados de órgão sólido ou de medula óssea, pneumopatias crônicas graves, pacientes portadores de doenças cardiovasculares crônicas que tenham sido submetidos a procedimentos operatórios, bem como, os indivíduos acima de 18 anos, desde que portadores de síndrome de down, anemia falciforme, coagulopatias hereditárias, renais crônicos e as pessoas com deficiências permanentes que apresentem limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas, com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir, com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar ou com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc”. 

Com essas vacinas é prevista ainda a continuidade da primeira dose no grupo dos trabalhadores de saúde, e aos municípios que já finalizaram, dar continuidade na administração das doses para os grupos mencionados anteriormente. 

Segurança e Salvamento

Por fim, a resolução da Secretaria de Estado de Saúde detalha que 148 frascos com cinco doses cada (740 doses) da Astrazeneca possibilitarão iniciar a 1ª dose (D1), do grupo de profissionais da força de segurança e salvamento. 

Em Dourados, o total estimado desses servidores chega a 1.264 e essa primeira remessa vai garantir aplicação em mais da metade, 736.

 

Por Dourados News

Comentários: