Comerciantes protestam em Dourados contra o novo decreto
Variedades

Comerciantes protestam em Dourados contra o novo decreto

Empresários impactados pelo decreto do governo do Estado que começa a vigorar amanhã (26), que fecha o comércio, fizeram protesto na tarde desta quinta-feira (25), no estádio Douradão.

De lá, eles seguiram para a prefeitura, junto com os vereadores Fabio Luis (Republicano), Juscelino Cabral (DEM), e Laudir Munaretto (MDB), com objetivo de se reunir com o prefeito Alan Guedes (PP), e buscar uma alternativa contra o fechamento.

Ao Dourados Agora, o comerciante Darci Ferreira Neto disse que o comércio não pode pagar o ‘pato’ por quem aglomera à noite, fazendo festas. Segundo ele, o comércio local já enfrenta dificuldades para quitar as contas.

"Estamos fazendo esse movimento porque o comércio mal está conseguindo pagar as contas. Esse decreto está desfavorecendo muita gente, e essa conta não é totalmente nossa. Muita gente aglomera durante a noite, e o comércio não pode pagar o pato", disse.

Darci argumentou ainda que "o governador deveria pensar no setor, não só nos lojistas, mas no restaurantes. Todo mundo tem uma boca para alimentar. Todos estão tristes e descontentes. O comércio varejista de Dourados está sangrando", concluiu.

Por Dourados Agora

Comentários: