Antes de acabar, março já é o terceiro mês mais letal da pandemia em MS
Variedades

Antes de acabar, março já é o terceiro mês mais letal da pandemia em MS

Conforme dados do boletim epidemiológico do coronavírus, divulgados na manhã desta terça-feira (23) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), antes de terminar, março já é o terceiro mês mais letal da pandemia em Mato Grosso do Sul, com 536 mortes. 

Os dois meses com mais óbitos registrados até agora foram dezembro de 2020 (587) e janeiro de 2021 (569). Ao todo, 3.895 pessoas morreram em decorrência do novo desde março do ano passado, dessas, 41 mortes foram confirmados nas últimas 24h.

As vítimas mais recentes, com idades entre 26 e 101 anos, são de Campo Grande (18), Ponta Porã (4), Anaurilândia (2), Rio Brilhante (2), Três Lagoas (2) e Coxim (2). 

Somou um óbito cada, os municípios de Naviraí, Ribas do Rio Pardo, Corumbá, Itaquiraí, Nioaque, Paranhos, Aquidauana, Miranda, Brasilândia, Costa Rica e Sidrolândia.

No último dia ainda foram confirmados 1.265 novos casos, totalizando 204.096, desses, 187.283 são considerados recuperados e 11.810 estão em isolamento domiciliar. Outros 1.108 permanecem hospitalizados, 634 em leitos clínicos e 474 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

As taxas de ocupações de leitos de UTI/SUS no Estado são alarmantes. A macrorregião de Campo Grande figura com 110%, seguida por Dourados (101%), Corumbá (100%) e Três Lagoas (91%). 

O excedente da capacidade representa pacientes em leitos Covid-19 ainda não habilitados pelo SUS, mantidos pelas secretarias municipais e estadual de saúde. O cálculo de ocupação é feito a partir de leitos ocupados com casos confirmados, suspeitos e "Não Covid-19".

Desde o início da pandemia, o Estado registrou 649.233 notificações, 434.505 foram descartadas e 2.103 amostras estão em análise no Lacen (Laboratório Central). Outros 8.529 casos estão sem encerramento pelos municípios.

 

Fonte: Dourados News 

Comentários: